início do conteúdo

Relatórios Mulheres Mil Reitoria

Logo Mulheres Mil

Resumidamente estas são as informações do Mulheres Mil no IFMT:

Conceito e Objetivos Público-alvo Formas de Ingresso Requisitos Necessários
- O Programa Nacional Mulheres Mil foi instituído pela Portaria do MEC Nº 1.015 de 21/07/2011, com o objetivo de oferecer as bases de uma política social de inclusão e gênero para que mulheres em situação de vulnerabilidade social tenham acesso à educação profissional, ao emprego e renda.
- O Programa Mulheres Mil faz parte das ações do programa Brasil Sem Miséria, articulado com a meta de erradicação da pobreza extrema, estabelecida pelo governo federal.
- Mulheres em vulnerabilidade social (extrema pobreza, baixa escolaridade ou sem alfabetização, desempregadas, vítimas de violência doméstica, etc.)
- As comunidades/bairros a serem atendidos são definidos com os Centros de Referência em Assistência Social – CRAS e os Centros Especializados em Assistência Social – CREAS.
Por meio de diagnóstico socieconômico são priorizadas as mulheres que mais necessitarem e serão ofertados os cursos por elas escolhidos.
- Estar registrada no CadÚnico e em vulnerabilidade social;
Estabelecimento no IFMT Quais campi já tiveram turmas? Alguns casos de Sucesso  
- No IFMT, as atividades do programa começaram no ano de 2011 com os campi Cáceres, Confresa e Cuiabá-Bela Vista, onde foram matriculadas 335 mulheres e, destas, 212 se formaram. Em 2012, os campi Juína, São Vicente e Sorriso matricularam 190 mulheres, sendo que 120 concluíram o curso.
- A Portaria MEC Nº 168 de 07/03/2013, inseriu o Programa Mulheres Mil no Bolsa Formação do PRONATEC.
- Na reitoria do IFMT tem uma Gestora Institucional/Coordenadora Adjunta, responsável pelo planejamento, execução, orientação e acompanhamento do Mulheres Mil em todos os campi;
- Cada campus do IFMT tem um(a) Gestor(a) Local/Coordenador(a) Adjunto(a), responsável pelo planejamento, execução e acompanhamento do Programa Mulheres Mil.
Dos 18 campi existentes, 12 já tiveram turmas, são eles:
- Alta Floresta – 1 curso, total de 34 mulheres;
- Barra do Garças – 2 cursos, total de 100 mulheres;
- Cáceres – 2 curso, total de 200 mulheres;
- Campo Novo do Parecis – 2 cursos, total de 150 mulheres;
- Confresa – 4 cursos, total de 220 mulheres;
- Cuiabá-Bela Vista – 1 curso, total de 130 mulheres;
- Juína – 1 curso, total de 50 mulheres;
- Primavera do Leste – 3 cursos, total de 100 mulheres;
- Pontes e Lacerda – 3 cursos, total de 100 mulheres;
- Rondonópolis – 1 curso, total de 30 mulheres;
- São Vicente – 1 curso, total de 101 mulheres;
- Sorriso – 1 curso, total de 39 mulheres;
 

* Total de Cursos: 22
*Total de Mulheres Atendidas 2011-2014: 1.284
Obs: Só não atendemos mais por falta de orçamento, de 2013-2014 pactuamos 4.870 vagas.
Citaremos dois casos:
- Em Cáceres, uma das mulheres abriu um Restaurante e Marmitaria chamado Mulheres Mil;
 

- Em Alta Floresta as mulheres ainda antes de formarem decidiram abrir uma Cooperativa de Cuidadoras de Idosos, o campus planeja ofertar o curso de Cooperativismo para elas e as encaminharam ao Instituto Ouro Verde para mais orientações quanto a estruturação da cooperativa;
 
 
início do rodapé

Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Mato Grosso

Avenida Sen. Filinto Müller , 953 - CEP: 78043-400

Telefone: (65) 3616-4100

Cuiabá/MT